Sustainable Finance

O que é?

As Finanças Sustentáveis (Sustainable Finance) incluem qualquer serviço ou produto financeiro que considere aspetos ESG. Contribuem para a estabilidade dos mercados financeiros, ao considerar os riscos sociais, ambientais e de governo das sociedades relacionados com as atividades das empresas.

Fonte: CMVM

E

Ambiente

Mitigação e adaptação às alterações climáticas, preservação da biodiversidade, prevenção da poluição e economia circular.

S

Social

Igualdade, inclusão, relações de trabalho, investimento em capital humano e comunidade, direitos humanos.

G

Governance

Propósito, comportamento ético, transparência e criação de valor para os stakeholders. 

Produtos

O financiamento sustentável inclui uma forte componente de financiamento verde, que pretende apoiar o crescimento económico e em simultâneo:

  • Reduzir a pressão sobre o ambiente
  • Abordar e trabalhar o tema das emissões de gases de efeito estufa e combater a poluição
  • Minimizar o desperdício e melhorar a eficiência no uso dos recursos naturais

Risco

Abrange também uma crescente conscientização e transparência sobre:

  • Os riscos ambientais e sociais e o seu impacto no sistema financeiro
  • A necessidade de atores financeiros e empresas em mitigar esses riscos através de uma governança apropriada

Elevados investimentos públicos e privados

Para atingir os objetivos de sustentabilidade, incluindo o Acordo de Paris e os ODS.

O financiamento sustentável tem um papel fundamental a desempenhar na concretização dos objetivos políticos do Pacto Ecológico Europeu, bem como dos compromissos internacionais da UE em matéria de clima e objetivos de sustentabilidade, orientando o investimento privado para a transição para uma economia neutra em carbono, resiliente e eficiente em termos de recursos e justa.

Atualmente a Comissão Europeia está “a apoiar fortemente a transição para uma economia sustentável com baixa emissão de carbono, economia de recursos e construção de um sistema financeiro que apoie o crescimento sustentável”. O Plano de Metas Climáticas para 2030, apresenta uma meta de redução das emissões de 55% até 2030 em comparação com 1990. A UE precisa de investir cerca de 350 mil milhões de euros a mais por ano durante a década de 2021-30 do que durante a década anterior, para cumprir o objetivo. A UE já está a dar um impulso para ajudar a atrair os investimentos necessários com o Fundo Europeu para Investimentos Estratégicos e outras iniciativas. No entanto, a escala do desafio do investimento vai muito além da capacidade do setor público. Por isso, o setor financeiro tem um papel crítico a desempenhar nesse processo:

Pode reorientar os investimentos para tecnologias e negócios mais sustentáveis
Pode financiar o crescimento de forma sustentável a longo prazo
Pode contribuir para a criação de uma economia circular de baixo carbono, resiliente e circular

Papel do sistema financeiro na sustentabilidade e vice-versa

“To meet our Paris targets, Europe needs between €175 to €290 billion in additional yearly investment in the next decades. We want a quarter of the EU budget to contribute to climate action as of 2021. Yet, public money will not be enough. This is why the EU has proposed hard law to incentivize private capital to flow to green projects. We hope that Europe’s leadership will inspire others to walk next to us. We are at two minutes to midnight. It is our last chance to join forces.”

Valdis Dombrovskis

Ex-Vice-President in charge of Financial Stability, Financial Services and Capital Markets Union.

Documentos de interesse

The Financial System we Need: Aligning the financial system with sustainable development

A Guide to banking and sustainability

Toolkit – Value and Risk Appraisal for Energy Efficiency Financing

Abordagens de Investimento ESG

Triagem
negativa

Triagem Negativa

Uma estratégia de investimento que exclui empresas, países ou emitentes com base em atividades consideradas “não passiveis de investimento”. Os critérios de exclusão podem estar associados a categorias de produtos, atividades ou práticas. Também podem estar associados a valores pessoais (ex: jogos de azar) ou terem considerações de risco.

Integração
ESG

Integração ESG

A Integração ESG define-se como a inclusão de forma explícita e sistemática de riscos e oportunidades ESG na análise e decisão de investimento. Esta análise permite melhorar a rentabilidade de longo prazo. Ter em consideração informações de sustentabilidade financeiramente relevantes leva a melhores decisões de investimento.

Investimento
temático

Investimento temático

Investimento em atividades que contribuem para a vertente social ou ambiental. O segmento ambiental inclui investimentos em energia renovável, eficiência energética, tecnologias limpas, infraestrutura de transporte de baixo carbono, tratamento de água e eficiência de recursos. O segmento social, inclui investimentos em educação, sistemas de saúde, redução da pobreza e soluções para o envelhecimento da sociedade.

Baseado
em normas

Baseado em normas

Avaliação de investimentos com base em standards de boas práticas comerciais, nacionais ou internacionais, como as convenções da ILO (International Labour Organization), as Diretrizes da OCDE (Organisation for Economic Co-operation and Development) para Empresas Multinacionais, o Pacto Global das Nações Unidas ou os Princípios Orientadores das Nações Unidas sobre as Empresas e Direitos Humanos.

Triagem
positiva

Triagem positiva

Abordagem de investimento baseada numa classificação de sustentabilidade na qual o desempenho ESG de uma empresa ou emissor é comparado com o desempenho ESG dos seus pares. Todas as empresas com uma classificação acima de um determinado limite são consideradas como um bom investimento.

Ético

Ético

Investimentos onde a principal motivação é alinhar os valores éticos de uma organização ou individuo com esses investimentos. Um investimento ético é principalmente pautado por códigos éticos, crenças religiosas ou valores pessoais e geralmente realizado por critérios de exclusão.

Stewardship

Stewardship

Os investidores abordam as questões ESG ao votar nesses aspetos ou envolvendo Gestores e Administradores das empresas nessas mesmas questões. Esta estratégia é utilizada para reduzir risco e aumentar o valor dos acionistas no longo prazo.

Investimento
de impacto

Investimento de impacto

Investimentos que procuram gerar um impacto social e ambiental mensurável e benéfico com benefício financeiro. Os investimentos de impacto podem ser efetuados tanto em mercados emergentes como nos desenvolvidos e visam taxas de rentabilidade abaixo ou acima do mercado (de acordo com as circunstâncias).

Evolução Sustainable Finance

Clique para saber mais.